UOL Notícias Notícias
 
07/07/2010 - 13h00 / Atualizada 07/07/2010 - 13h00

Polônia vai extraditar suposto agente israelense para a Alemanha

VARSÓVIA, 7 Jul 2010 (AFP) -A Polônia vai extraditar para a Alemanha um suposto agente israelense detido em Varsóvia a pedido da justiça alemã dentro do caso do assassinato, em Dubai, de um membro do movimento palestino Hamas, anunciou nesta quarta-feira um tribunal polonês.

"O tribunal decidiu transferir o acusado para a Alemanha para que o procedimento penal possa prosseguir. O tribunal não se pronuncia sobre a culpa de Uri Brodsky e se limitará a verificar que o pedido de extradição corresponde aos requerimentos formais e que o acusado é efetivamente a pessoa envolvida", afirmou o juiz Tomasz Talkiewicz.

O acusado dispõe de três dias para apresentar um recurso de apelação.

Brodsky foi detido em 4 de junho, em Varsóvia, em cumprimento de uma ordem de captura europeia emitida pela Alemanha.

Ele é suspeito de cumplicidade na obtenção ilegal de um passaporte alemão dentro do caso do assassinato de um membro do movimento palestinos Hamas em Dubai.

Também é suspeito de espionagem, segundo o jornal polonês Gazeta Wyborcza.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h39

    0,26
    3,275
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h49

    1,61
    63.672,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host