UOL Notícias Notícias
 
10/07/2010 - 14h24 / Atualizada 10/07/2010 - 14h39

Atentados mais sangrentos no Paquistão desde 2007

ISLAMABAD, 10 Jul 2010 (AFP) -O ataque suicida que deixou mais de 100 mortos no Paquistão, segundo um novo balanço divulgado neste sábado, soma-se à onda de atentados que o país sofre desde julho de 2007, cometidos em sua maioria por talibãs paquistaneses aliados da Al-Qaeda, e que mataram mais de 3.500 pessoas.

Abaixo uma lista dos atentados mais sangrentos desde o verão (boreal) de 2007:

- 19 de julho de 2007: três atentados suicidas no noroeste causam 54 mortos, entre eles mais de 20 soldados ou policiais.

- 18 de outubro de 2007: camicases explodem bombas em Karachi (sul), próximo ao veículo em que se encontrava a ex-primeira-ministra Benazir Bhutto. Morreram pelo menos 139 pessoas, o que o converte no atentado mais sangrento da história do Paquistão. No dia 27 de dezembro, Benazir Bhutto e outras vinte pessoas são assassinadas em um novo atentado suicida na periferia de Islamabad.

- 21 de dezembro de 2007: pelo menos 56 mortos em um atentado suicida durante a cerimônia de Aid al-Adha em uma mesquita de Sharsadda (noroeste).

- 21 de agosto de 2008: pelo menos 64 mortos em um duplo atentado suicida em frente à principal fábrica militar de armamento do Paquistão, em Wah (a noroeste de Islamabad). As vítimas, em sua maior parte, eram funcionários que saíam da fábrica.

- 20 de setembro de 2008: um camicase explode um caminhão carregado de explosivos no centro de Islamabad, arrasando o hotel de luxo Marriott e deixando 60 mortos e mais de 250 feridos.

- 9 de outubro de 2009: um atentado suicida com carro-bomba em um mercado de Peshawar (noroeste) deixa 52 mortos e mais de cem feridos.

- 28 de outubro de 2009: 134 mortos em um atentado com carro-bomba em um mercado de Peshawar.

- 7-8 de dezembro de 2009: quatro atentados, dois deles quase simultâneos, em um mercado em Lahore (leste) causam 66 mortos.

- 28 de dezembro de 2009: pelo menos 43 mortos e mais de 60 feridos em um atentado suicida contra uma procissão xiita em Karachi, reivindicado pelos talibãs.

- 1 de janeiro de 2010: atentado suicida em uma partida de voleibol no noroeste, com pelo menos 101 mortos e 69 feridos.

- 12 de março de 2010: 57 mortos em um duplo atentado próximo a um mercado de Lahore (leste).

- 5 de abril de 2010: 51 mortos em um atentado suicida em um comício de um partido laico em Timargarah (noroeste).

- 17 de abril de 2010: 41 mortos em dois atentados suicidas enquanto se distribuía ajuda em um campo de desabrigados no noroeste.

- 28 maio de 2010: 82 mortos em Lahore em ataques simultâneos de suicidas fortemente armados em duas mesquitas de uma seita minoritária do islã, os ahmadis.

- 1 de julho de 2010: 43 mortos e 175 feridos em dois atentados suicidas cometidos em um santuário sufi cheio de peregrinos muçulmanos, em Lahore.

- 9 de julho de 2010: pelo menos 102 mortos e 98 feridos em um atentado suicida contra um escritório de administração, no coração de um mercado muito frequentado em Yakaghund, no distrito tribal de Mohmand (noroeste).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h39

    0,50
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h41

    0,30
    74.668,51
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host