UOL Notícias Notícias
 
10/07/2010 - 14h50 / Atualizada 10/07/2010 - 15h12

Ex-refém: 'Betancourt tem direito de pedir indenização'

BOGOTÁ, 10 Jul 2010 (AFP) -Marc Gonsalves, um dos três ex-reféns americanos das Farc, disse neste sábado que Ingrid Betancourt "tem direito" de pedir uma indenização ao Estado colombiano por danos econômicos e morais sofridos durante seu cativeiro.

"Acredito que tanto ela (Betancourt) como os outros reféns (colombianos) das Farc têm esse direito. Eu entendo suas razões: se as Farc foram capazes de nos sequestrar e manter por tanto tempo, foi por atitudes de outros governos da Colômbia", disse o ex-refém.

Em conversa com a rádio RCN, Gonsalves defendeu a decisão de Betancourt de pedir uma indenização e disse que, em sua opinião, ela está pensando na responsabilidade que governos anteriores ao de Álvaro Uribe tiveram sobre seu sequestro, que ocorreu em fevereiro de 2002.

"Pelas concessões que outros governos da Colômbia fizeram, tivemos que esperar muitos anos. Governos anteriores (ao de Uribe) deram terras às Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e isso teve muito a ver com nosso sequestro", enfatizou.

Na sexta-feira, o ministério colombiano de Defesa revelou que Betancourt e seus familiares apresentaram em 30 de junho duas solicitações de conciliação extrajudicial, nas quais pedem uma compensação monetária de 13 bilhões de pesoas (cerca de 6,5 milhões de dólares).

Betancourt, os americanos Gonsalves, Thomas Howes e Keith Stansell e uma dezenas de policiais e militares colombianos foram libertados em julho de 2008 após um cinematográfico resgate por parte do Exército colombiano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h30

    -0,54
    3,119
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h39

    -0,54
    75.560,58
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host