UOL Notícias Notícias
 
11/07/2010 - 14h58 / Atualizada 11/07/2010 - 14h59

Colômbia: 12 rebeldes morrem em ataque a anel de segurança de líder das Farc

BOGOTÁ, 11 Jul 2010 (AFP) -Doze membros do anel de segurança do líder máximo das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), 'Alfonso Cano', morreram em ataque do exército a uma coluna da guerrilha no departamento (província) de Tolima (centro), informou este domingo o comando das Forças Militares.

"No desenvolvimento de uma operação conjunta das Forças Militares - o Exército, a Força Aérea e a Polícia Nacional -, foram surpreendidos terroristas das Farc encarregados de dar segurança ao terrorista Guillermo León Sáenz, aliás 'Alfonso Cano'", destacou o comunicado.

Segundo o documento, a operação ocorreu à 01H00 local (03h00 de Brasília) deste documento em uma zona rural do município de Planadas, em plena cordilheira central colombiana, e nela morreram 12 membros das Farc: oito homens e quatro mulheres.

Entre as quatro mulheres, acrescentou o comunicado, os membros das Forças Especiais encontraram Magaly Grannobles, aliás 'Marleny Rondón', chefe da coluna Heróis de Marquetalia das Farc, encarregada de um dos anéis de segurança de Cano.

"É uma operação que ainda está em curso. Este golpe é muito sensível para esta guerrilha porque esta terrorista, que segundo seu prontuário chegou a assassinar 70 policiais e soldados colombianos, era muito valiosa para Cano", disse o general Freddy Padilla, comandante das Forças Militares.

As Farc são a principal guerrilha da Colômbia e contra as quais o governo do presidente Álvaro Uribe dirigiu sua política de "segurança democrática", que lida com mão-de-ferro com os grupos armados ilegais.

Segundo estimativas oficiais, as Farc passaram de 17.000 e 11.000 combatentes no fim dos anos 1990 a 7.500 atualmente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host