UOL Notícias Notícias
 
11/07/2010 - 19h03

Irã anuncia urânio a 20% e desafia comunidade internacional

TEERÃ, 11 Jul 2010 (AFP) -O Irã anunciou neste domingo que produziu 20 quilos de urânio enriquecido a 20%, desafiando, assim, a comunidade internacional, que exige o fim do programa nuclear do país.

"Produzimos 20 quilos de urânio enriquecido a 20% e estamos trabalhando para produzir placas de combustível", declarou o chefe da Organização Iraniana de Energia Atômica (OIEA), Ali Akbar Salehi.

O urânio enriquecido pode ser usado como combustível para alimentar reatores nucleares e para fazer bomba atômica.

As grandes potências mundiais, capitaneadas pelos Estados Unidos, pedem ao Irã que suspenda as atividades de enriquecimento de urânio, já que acreditam que a finalidade do regime com o programa é uma bomba atômica.

O governo iraniano alega que o programa nuclear tem finalidades totalmente pacíficas.

Salehi ressaltou que até setembro de 2011 o Irã poderá "entregar o combustível necessário para o reator de pesquisa de Teerã".

O funcionário afirmou que o Irã tem o conhecimento técnico para fabricar placas de combustível para abastecer o reator, o que os países ocidentais negam.

O presidente Mahmud Ahmadinejad havia ordenado em fevereiro o enriquecimento de urânio a 20% depois de uma negociação com a ONU fracassar.

No dia 17 de maio, Brasil e Turquia fizeram uma nova proposta de troca de urânio: o Irã enviaria material fracamente enriquecido (3,5%) para a Turquia e receberia combustível enriquecido a 20% para o reator de pesquisa.

As grandes potências mundiais, no entanto, recusaram essa proposta, e no dia 9 de maio uma resolução no Conselho de Segurança da ONU impôs sanções ao país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host