UOL Notícias Notícias
 
11/07/2010 - 13h17 / Atualizada 11/07/2010 - 13h18

Presos libertados e famílias à espera de seguir para Madri

HAVANA, 10 Jul 2010 (AFP) -Presos políticos cubanos do total de 17 que vão emigrar para a Espanha estão reunidos numa penitenciária e, suas famílias, numa unidade militar de Havana, à espera de poder reunir-se com eles no aeroporto e viajar logo para Madri, informou neste domingo o líder dissidente Elizardo Sánchez.

As autoridades começaram sábado a trasladar os presos de vários locais da Ilha a Combinado del Este, em Havana, para a realização de exames médicos e dos trâmites migratórios, disse Elizardo à AFP.

Familiares de pelo menos cinco presos estão numa unidade militar do Ministério do Interior, em San Antonio de los Baños, sudoeste da capital, e em outras dependências do governo, para os procedimentos migratórios.

Os presos libertados vão começar a chegar a Madri nesta segunda-feira, segundo fontes diplomáticas de Havana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host