UOL Notícias Notícias
 
12/07/2010 - 11h59 / Atualizada 12/07/2010 - 12h15

Blatter afirma estar 'chocado' com atentados em Uganda

JOHANNESBURGO, África do Sul, 12 Jul 2010 (AFP) -O presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, disse nesta segunda-feira que está "realmente chocado" com o duplo atentado durante a transmissão da final da Copa do Mundo que custou a vida de pelo menos 74 pessoas no domingo em Kampala.

"Estou muito triste. Estou realmente, realmente chocado depois de tomar conhecimento dessa notícia", declarou Blatter em sua entrevista coletiva à imprensa.

"Nunca se pode deter a criminalidade, os atentados. Durante a competição, o mundo tinha que ter parado e ficado tocado apenas com a emoção da Copa do Mundo", considerou.

Em Kampala, um artefato explodiu no domingo em um restaurante etíope e outro foi detonado no bar de um clube de rúgbi, enquanto a final da Copa do Mundo era transmitida.

Este duplo atentado não tinha sido reivindicado nesta segunda-feira à tarde, mas a Polícia ugandense relacionou a ação às ameaças da semana passada feitas pelos insurgentes islamitas somalis de Shebab, que haviam ameaçado atacar populações de Uganda e do Burundi em represália pela presença militar destes dois países na Somália.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host