UOL Notícias Notícias
 
13/07/2010 - 20h35

Argentina: manifestantes protestam contra casamento gay

BUENOS AIRES, 13 Jul 2010 (AFP) -Milhares de pessoas protestaram nesta terça-feira, diante do Congresso argentino, contra o projeto que autoriza o casamento entre homossexuais, que será analisado pelo Senado nesta quarta-feira.

Convocados pela influente Igreja Católica, os manifestantes portavam cartazes com dizeres como: "Queremos papai e mamãe", "viva a família", "dizemos sim à verdadeira família" e "unidos pela família argentina".

A mobilização, também convocada pela igreja evangélica, culminou em uma vasta campanha contra o projeto que permite casamentos entre pessoas do mesmo sexo, definido pela Igreja Católica como um "projeto do demônio".

Nas escolas privadas católicas, alunos foram chamados à manifestação, que também foi divulgada por redes sociais da Internet, como o Facebook.

Famílias de classe média com suas crianças, jovens e, em menor número, grupos católicos de bairros pobres, reuniram-se na praça do Congresso um dia antes de o Senado discutir se rejeita ou aprova o projeto de casamento entre pessoas do mesmo sexo, que já conta com a aprovação da Câmara dos Deputados.

A iniciativa para prever na lei o casamento homossexual, cujo alcance será geral, contempla reformar o Código Civil, mudando a fórmula de "marido e mulher" pelo termo "contraentes", e prevê igualar os direitos deles com os dos casais heterossexuais, como a adoção, herança e benefícios sociais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h19

    -0,15
    3,131
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h25

    0,47
    76.329,91
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host