UOL Notícias Notícias
 
13/07/2010 - 20h05

Casa onde morreu Marilyn Monroe é posta à venda por US$ 3,6 milhões

LOS ANGELES, 13 Jul 2010 (AFP) -A casa em estilo colonial espanhol onde morreu Marilyn Monroe, eterno símbolo sexual de Hollywood, está à venda por 3,6 milhões de dólares depois de ter sido comprada pela musa em 1962 por 90.000 dólares.

A casa de um andar, construída em 1929, tem uma piscina em seus 2.136 metros quadrados, numa propriedade descrita pela agência imobiliária que a anunciou como "ampla e muito especial", no exclusivo bairro de Brentwood, entre as colinas de Beverly Hills e Malibu, diz o site do agente David Offer.

Seu proprietário atual não quer permitir o acesso à imprensa e apenas deixou que a AFP tirasse fotos da rua Helena Drive, onde fica esta casa de quatro quartos, três banheiros, tetos de madeira, pisos de terracota e grandes janelas em todas as salas.

Segundo o site de fãs da musa, Marilyn Monroe Memories, a atriz adorava a sua piscina, embora não tenha tido tempo de desfrutá-la porque viveu ali apenas seis meses antes de morrer.

A atriz comprou a casa em 1962 e pagou uma hipoteca de 320 dólares mensais por seis meses antes de falecer por overdose de medicamentos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host