UOL Notícias Notícias
 
14/07/2010 - 15h10

EUA: plano de reativação salvou 3 milhões de empregos, diz Casa Branca

WASHINGTON, 14 Jul 2010 (AFP) -A Casa Branca anunciou nesta quarta-feira que o número de empregos "criados ou salvos" nos Estados Unidos em meio ao plano de reativação econômica lançado no início do mandato do presidente Barack Obama alcançou os 3 milhões.

Em janeiro, a presidência indicou que a economia tinha superado a barreira dos 2 milhões de empregos atribuídos à lei que destinou em torno de 787 bilhões de dólares à recuperação, promulgada em fevereiro de 2009.

Essa cifra de 3 milhões de empregos está incluída em um relatório que será publicado pelo grupo de conselheiros econômicos do presidente (CEA), afirmou a Casa Branca em um comunicado. Segundo a presidência, o objetivo inicial de 3,5 milhões de postos de trabalho deverá ser alcançado até o fim do ano.

A eficácia do plano de reativação também foi defendida pelo vice-presidente Joe Biden, em um momento em que a capacidade do presidente Obama de estimular o crescimento é criticada por parte da opinião pública e pela oposição republicana.

"As medidas adotadas por essa administração levam o país a uma boa direção depois do decarrilamento da economia?", perguntou Biden. "Há razão para o otimismo? Minha resposta é sim", completou. "Há muito trabalho a ser feito, mas há motivos para otimismo".

"Não é momento de cantar vitória", respondeu o líder da minoria republicana do Senado, Mitch McConnell, afirmando que não é o emprego que sobe mais rapidamente na economia americana e, sim, "a dívida nacional".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h00

    -0,52
    3,152
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h04

    2,27
    70.193,47
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host