UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 14h57

EUA 'acreditam firmemente' em reinício de diálogo no Oriente Médio

WASHINGTON, 15 Jul 2010 (AFP) -Os Estados Unidos "acreditam firmemente" no reinício do diálogo direto, suspenso no fim de 2008, entre israelenses e palestinos, disse nesta quinta-feira o porta-voz do Departamento de Estado, Philip Crowley.

"Acreditamos firmemente que em um dado momento, as negociações diretas vão ser retomadas", disse Crowley.

"Não acredito que possamos dizer neste momento se se trata de uma questão de dias ou de semanas", completou o porta-voz, que indicou que "esta é uma decisão que deve ser tomada fundamentalmente pelos líderes israelenses e palestinos".

No entanto, Crowley disse que "nosso principal propósito em qualquer conversa que tenhamos com as autoridades israelenses e palestinas é avançar para negociações diretas".

A declaração foi feita em um momento em que George Mitchell, emissário dos Estados Unidos para o Oriente Médio, começou uma nova rodada de encontros com israelenses e palestinos, em meio às negociações indiretas impulsionadas por Washington.

O presidente americano Barack Obama pediu no último dia 6 de julho que um diálogo direto entre israelenses e palestinos ocorresse antes do fim do congelamento das construções nos assentamentos judaicos na Cisjordânia, previsto para 26 de setembro.

Os palestinos suspenderam as negociações diretas com Israel em dezembro de 2008, depois de uma ofensiva israelense contra a Faixa de Gaza.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host