UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 13h16

Paquistão pede que a Índia coopere com a luta antiterrorista

ISLAMABAD, 15 Jul 2010 (AFP) -O Paquistão pediu nesta quinta-feira à Índia uma cooperação maior contra a ameaça terrorista durante um encontro bilateral destinado a retomar o frágil processo de paz, congelado depois dos violentos atentados de Mumbai no final de 2008.

Os dois ministros, o indiano S.M. Krishna e o paquistanês Shah Mehmood Qureshi, se reuniram em Islamabad, no terceiro encontro ministerial de alto nível em seis meses.

O chanceler indiano falou com seu colega, e depois com o primeiro-ministro Yusuf Raza Gilani e com o presidente Asif Ali Zardari na "zona vermelha" submetida a fortes medidas de segurança onde se encontram os prédios governamentais e muitas embaixadas no centro de Islamabad.

Em um comunicado publicado por seus serviços depois desta reunião, Zardari reiterou a oposição de seu país contra "qualquer forma de rebelião e de terrorismo, seja onde for", e afirmou que "os dois governo devem trabalhar juntos para melhor eliminar esta ameaça".

Depois do bloqueio causado pelos atentados de Mumbai, os dois países retomaram os contatos nos últimos seis meses. Desta vez se trata da primeira reunião em nível de ministros das Relações Exteriores.

Este encontro é um novo passo na aproximação iniciada em abril passado pelos primeiros-ministros da Índia e do Paquistão, que aceitaram se reunir à margem de uma conferência regional no Butão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host