UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 21h12

Fidel Castro volta com saúde 'parcialmente' recuperada

HAVANA, 16 Jul 2010 (AFP) -O líder cubano Fidel Castro afirmou nesta sexta-feira que se recuperou "parcialmente da repentina e grave" crise de saúde que o afastou do governo há quatro anos, ao se reunir com uma centena de embaixadores na chancelaria em Havana.

"Sei que cada uma das reflexões que escrevo desde que me recuperei parcialmente da repentina e grave situação de saúde (...) é lida e analisada pelos senhores", disse Fidel Castro aos diplomatas.

O ex-presidente e pai da Revolução cubana publicou nas últimas semanas inúmeras cartas na imprensa local sobre questões mundiais, mas ignorou os acontecimentos em seu país - principalmente a decisão do irmão e sucessor Raul de libertar 52 presos políticos detidos desde 2003.

A visita de Fidel à Chancelaria, transmitida pelo programa da TV cubana Mesa-Redonda, foi sua quinta aparição em público nos últimos nove dias.

Segundo um funcionário do ministério das Relações Exteriores, que preferiu não ser identificado, Fidel "se reuniu conosco e estava muito bem".

Castro, que vestia uma camisa quadriculada verde, chegou à Chancelaria por volta do meio-dia em uma caravana formada por três Mercedes-Benz pretas e idênticas, as mesmas que utilizava antes de sair do governo.

Quando saiu da chancelaria, dezenas de pessoas cumprimentaram e aplaudiram o líder comunista, gritando: "sentimos a presença de Fidel".

Fidel cedeu o poder a seu irmão Raul em julho de 2006, em meio a uma grave doença intestinal, mas permanece, oficialmente, como primeiro-secretário do Partido Comunista.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host