UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 09h28

Incêndio em hotel no Iraque deixa 30 mortos

SULAIMANIYAH, Iraque, 16 Jul 2010 (AFP) -Um incêndio aparentemente acidental matou 30 personas, entre elas 14 estrangeiro, no Hotel Soma, situado em Sulaimaniyah, uma cidade do norte de Bagdá.

Uma fonte da administração local confirmou o balanço de mortos e disse que, segundo as primeiras informações, o incêndio foi causado por um curto-circuito. Segundo a fonte, foram precisos sete horas para controlar o fogo.

"Os bombeiros careciam de material suficiente para sufocar o fogo, o que explica a catástrofe", contou um lojista vizinho do hotel.

O foco foi localizado no segundo dos seis andares do hotel, que foi totalmente destruído pelas chamas. Vários prédios vizinhos também ficaram danificados.

Testemunhas indicaram a um correspondente da AFP em Sulaimaniyah, a segunda cidade do Curdistão iraquiano, que o incêndio começou por volta das 22h local e que três pessoas morreram ao pular das janelas do hotel Soma para escapar das chamas.

O legista Araz Bakr, cheefe das equipes de socorro de Sulaimaniyah, indicou que os feridos somam 50 e, entre eles, há sete bombeiros.

Um relatório preliminar do hospital da cidade indicou que há vítimas de 12 nacionalidades diferentes, mas não incluiu na lista nenhum americano, apesar de um funcionário desse estabelecimento ter indicado anteriormente que havia quatro americanos entre as vítimas.

Na lista figuram três entenheiros de telecomunicações (um das Filipinas, o segundo do Sri Lanka e o terceiro do Camboja), cuja a morte foi comunicada pelo presidente da Asiacell, empresa para a qual trabalhavam.

Também figuram vítimas de nacionalidade equatoriana, venezuelana, libanesa, sul-africana e bengali, indicou o diretor do hospital, Rikot Hama Rashid.

Um porta-voz da embaixada dos Estados Unidos no Iraque informou que estão sendo realizadas averiguações para saber se entre as vítimas fatais há americanos.

Sulaiminayah é a capital de uma das províncias que formam a região autônoma do Curdistão.

O Curdistão é popular entre os turistas, e a economia floresceu nos últimos anos graças a uma região mais ou menos pacífica, em contraste com o resto do Iraque.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host