UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 13h04

Le Monde: libertação de presos cubanos é resultado da pressão internacional

PARIS, 16 Jul 2010 (AFP) -A libertação de 11 presos cubanos que esta semana viajaram para a Espanha - dos 52 que o governo cubano prometeu libertar - demonstra que a pressão internacional pode dar resultados, afirma em sua primeira página o jornal francês Le Monde.

"Esse cenário tende a demonstrar que fortes pressões conjugadas terminam por dar resultados, pelo menos nos direitos humanos", indica o editorial do jornal intitulado "Abertura cubana sob pressão internacional" e que destaca, no entanto, que ainda restam 115 presos políticos na ilha.

Depois de recordar que a diplomacia espanhola "espera que a União Europeia revise sua posição comum (em relação a Cuba)", Le Monde afirma que a UE "não deveria precipitar-se, pois os progressos correm o risco de demorar".

O jornal também questiona como devem ser interpretadas as inúmeras aparições públicas de Fidel Castro nos últimos dias.

"Há quem ache que o 'velho comandante' quer mostrar que velará pessoalmente para que a libertação não seja interpretada como uma mudança de rumo do socialismo cubano. Outros imaginam uma nova etapa para Cuba", afirma o jornal.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host