UOL Notícias Notícias
 
17/07/2010 - 14h06

Militantes da causa homossexual celebram a "EuroPride" nas ruas de Varsóvia

VARSÓVIA, 17 Jul 2010 (AFP) -Milhares de homossexuais e simpatizantes de sua causa se reuniram neste sábado nas ruas de Varsóvia para o desfile anual europeu em favor da tolerância, a "EuroPride", que, pela prieira vez, foi realizada num ex-país comunista.

Os manifestantes exibiam bandeiras onde pediam a defesa dos direitos das minorias, entre eles o reconhecimento legal das uniões gay.

"Esperamos iniciar um debate sobre a possibilidade de legalizar as uniões de casais gays e lésbicos, mas estamos otimistas de que tal legislação possa se adotada num futuro próximo", declarou à AFP Jacek Adler, do site www.gaylife.pl dedicado aos homossexuais na Polônia.

A municipalidade mobilizou 2.000 policiais para garantir a segurança durante o desfile e proteger os participantes de eventuais agressões por parte de grupos nacionalistas e ultracatólicos que se anunciaram contrários à manifestação.

Organizações católicas distribuíram para os manifestantes panfletos com a imagem de Cristo pronunciando: "Não vim para condenar e sim para salvar".

Várias igrejas de Varsóvia organizaram orações coletivas para realizar a conversão dos participantes da "EuroPride".

No ano passado, a "EuroPride foi realizado em Zurique, na Suíça, e reuniu 50.000 pessoas.

Segundo as pesquisas, dois em três poloneses se declararam contrários ao direito dos homossexuais de se manifestar nas ruas.

Setenta e nove por cento dos polonesees se declaram contra o csamento gay e 93% excluem a adoção de crianças por casais gays.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host