UOL Notícias Notícias
 
17/07/2010 - 17h52

Onda de frio polar na Argentina deixa ao menos sete mortos

BUENOS AIRES, 17 Jul 2010 (AFP) -Ao menos sete pessoas morreram por hipotermia na Argentina devido à onda de frio polar que castiga a maior parte do país, informaram neste sábado as autoridades.

Na província de San Luis (centro-leste) cinco pessoas morreram devido ao frio, entre elas um bebê de três meses que vivia com seus pais em um acampamento nos arredores da capital da província, informou a polícia.

Em Misiones (noroeste) dois homens morreram devido ao intenso frio, informaram as autoridades, sem dar mais detalhes.

A organização civil Rede Solidária lançou uma campanha para ajudar as pessoas que vivem nas ruas com o objetivo de evitar mortes por hipotermia.

Segundo o líder da Rede Solidária, Juan Carr, na cidade de Buenos Aires "há em torno de 1.400 pessoas dormindo nas ruas, enquanto em toda a Argentina somam em torno de 20.000 nessa situação, sendo 60% deles homens de 35 a 55 anos".

As nevascas e o mal tempo provocaram atrasos a cancelamentos de voos no aeroporto de Buenos Aires no início das férias de inverno, época de grande movimento turístico.

O Serviço Meteorológico Nacional alertou que as nevascas continuarão em grande parte do país e as baixas temperaturas permanecem ao menos nos próximos dias.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h19

    0,30
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h30

    0,38
    74.724,69
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host