UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 18h53

Líder da Al-Qaeda chama dirigentes árabes de "sionistas" por bloqueio a Gaza

DUBAI, 19 Jul 2010 (AFP) -O número dois da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, chamou os dirigentes árabes de "sionistas", acusando-os de ajudar Israel a manter o bloqueio da Faixa de Gaza, segundo gravação divulgada nesta segunda-feira na internet.

Também criticou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por ter dito que os talibãs nunca mais retomariam o poder no Afeganistão, ao mesmo tempo em que celebrou sua "vitória" contra as forças da coalizão.

"Os sionistas árabes são mais perigosos que os judeus", declarou Zawahiri nesta gravação divulgada num site utilizado por grupos jihadistas. A mensagem foi produzido por Al Fajr Media Centre, uma rede de distribuição da Al-Qaeda na internet.

Zawahiri incrimina particularmente o Egito por sua intenção de construir uma fortificação subterrânea ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza para proibir, segundo o governo do Cairo, o contrabando na fronteira.

"Quem sitia nosso povo em Gaza e o cerca com uma barreira metálica? É o chefe dos árabes sionistas (o presidente egípcio) Hosni Mubarak", acusou o número dois da Al-Qaeda.

Zawahiri também critica o rei da Jordânia, Abdullah II, e o presidente da Autoridad Palestina, Mahmud Abbas, aos quais chama de "sionistas".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host