UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 14h44

Modelo colombiana é acusada de liderar grupo de narcotraficantes na Argentina

BUENOS AIRES, 19 Jul 2010 (AFP) -A modelo colombiana Angie Sanclemente Valencia, detida em maio na Argentina, foi acusada pela justiça de ser a suposta líder de uma quadrilha dedicada ao narcotráfico, que teria vínculos com um cartel mexicano, informou nesta segunda-feira uma fonte judicial.

A modelo colombiana é considerada de ser a suposta "chefe de uma associação ilícita dedicada ao contrabando agravado por se tratarem de drogas destinadas à comercialização", indicou o Centro de Informações Judiciais (CIJ) ao citar a decisão.

Sanclemente Valencia, de 30 anos, ex-rainha do café da Colômbia, "dava ordens aos demais integrantes da associação e servia como elo entre chefes de um cartel mexicano e os integrantes da organização que ela lideraria", acrescentou.

A decisão judicial não indica com que cartel mexicano ela teria vínculos. A colombiana foi detida no final de maio na Argentina depois de prestar depoimento.

O tribunal, além de incriminá-la, decretou o embargo de seus bens até que chegue ao valor de 13.750.000 pesos (US$ 3.430.000).

A modelo foi apresentada como a recrutadora de "mulas" (pessoas contratadas para transportar drogas) por um dos acusados no processo, que investiga uma quadrilha que enviava cocaína para a Europa, via México.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host