UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 08h13

O regente russo Mikhail Pletnev comparece ante justiça na Tailândia

PATTAYA, Tailândia, 19 Jul 2010 (AFP) -O célebre diretor de orquesta e pianista russo Mikhail Pletnev, indiciado no início de julho por estupro de menor, compareceu nesta segunda-feira ante um tribunal tailandês, onde reiterou sua inocência e promessa de cooperar com a justiça.

Pletnev, de 53 anos, é o diretor artístico da Orquesta Nacional da Rússia. Foi libertado sob fiança de 300.000 bahts (9.200 dólares) e autorizado pelo tribunal a abandonar o país de maneira temporária.

Pletnev pode ser condenado a uma pena de quatro a 20 anos de prisão. Ele também pode ser acusado de detenção ilegal de menor.

Mikhail Pletnev, que pertence a uma família de músicos, ficou famoso depois de ganhar o primeiro prêmio do Concurso Tchaikovski em 1978, aos 21 anos.

No começo dos anos 80, começou a dirigir músicos antes de fundar, em 1990, a Orquesta Nacional da Rússia. Pouco depois foi nomeado seu diretor artístico.

Suas gravações com esta orquestra de virtuoses, principalmente as sinfonias de Tchaikovski e Rajmaninov, são consideradas entre as melhores por muitos críticos. Pletnev abandonou os concertos de piano para se dedicar à direção musical.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host