UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 20h31

Presidente Evo Morales aprova lei inédita de autonomia na Bolívia

LA PAZ, 19 Jul 2010 (AFP) -O presidente boliviano, Evo Morales, promulgou nesta segunda-feira uma inédita lei de autonomias que regulará o funcionamento de nove estados, 36 povoados indígenas e mais de 300 municipalidades, em meio a críticas de partidos e regiões opositoras.

"Aqueles que se opõem a essas normas são retrógrados, conservadores ou simples reformistas e aqui estamos para fazer uma revolução democrática e cultural", afirmou Morales em seu discurso na residência oficial, depois de assinar a nova lei.

O presidente respondeu nesses termos às críticas que surgiram contra a nova lei de governos autônomos, aprovada no fim de semana no Congresso, enquanto regiões e partidos da oposição e alguns setores indígenas a consideraram contrária a seus interesses.

O artigo mais criticado é um que viabiliza a destituição de autoridades eleitas de forma sumária, com a simples acusação do procurador, sem esperar a decisão do juiz, por qualquer suposto ato de corrupção no exercício de suas funções.

A oposição anunciou protestos contra a lei, principalmente nos departamentos direitistas de Beni, Santa Cruz e Tarija.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host