UOL Notícias Notícias
 
21/07/2010 - 08h32

TPI anula absolvição do ex-primeiro-ministro kosovar Ramush Haradinaj

HAIA, 21 Jul 2010 (AFP) -O Tribunal Penal Internacional (TPI) para a ex-Iugoslávia ordenou nesta quarta-feira a realização de um novo processo contra o ex-primeiro-ministro kosovar Ramush Haradinaj, absolvido das acusações de crimes de guerra e de crimes contra a humanidade em primeira instância.

"A Câmara de Apelação (...) ordena que Ramush Haradinaj, Idriz Balaj e Lahi Brahimaj sejam alvo de um novo processo" por várias acusações, declarou o presidente Patrick Robinson sobre o ex-chefe de governo e dos outros dois acusados.

o ex-primeiro-ministro havia sido considerado inocente no dia 3 de abril de 2008 dos crimes de guerra e contra a humanidade, por perseguições, assassinatos, torturas e estupros cometidos contra civis sérvios e opositores políticos no período em que comandava o Exército de Libertação do Kosovo (UCK) em 1998 e 1999.

Assim como Haradinaj, 42 anos, a mais alta autoridade kosovar processada pelo TPI e um dos mais altos dirigentes do UCK, Idriz Balaj, 38 anos, também tinha sido absolvido em primeira instância. O terceiro acusado, Lahi Brahimaj, de 40 anos, havia sido condenado a seis anos de prisão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host