UOL Notícias Notícias
 
22/07/2010 - 21h57

Equador culpa secretário da OEA por ruptura entre Venezuela e Colômbia

QUITO, 22 Jul 2010 (AFP) -O Equador responsabilizou o secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, pela ruptura das relações diplomáticas entre Venezuela e Colômbia, decidida nesta quinta-feira pelo presidente venezuelano, Hugo Chávez.

"Advertimos o senhor Insulza, pelo menos três ou quatro vezes, entre segunda e terça-feira. Falei por telefone com ele para lhe dizer que atuasse com responsabilidade, mas ele não entendeu", disse o chanceler equatoriano, Ricardo Patiño.

O ministro criticou o fato de o secretário-geral não ter acolhido o pedido do Equador e adiar a sessão desta quinta-feira da Organização dos Estados Americanos (OEA), na qual o governo colombiano reiterou sua denúncia sobre a presença de guerrilheiros na Venezuela.

Depois desse debate, Chávez anunciou a ruptura das relações e ordenou que o Exército ficasse em alerta.

"Quem recebeu a ligação foi advertido e não cumpriu seu dever, e essa pessoa é o secretário da OEA, lamentavelmente", completou o chanceler.

Patiño também colocou em dúvida a afirmação da Colômbia sobre a presença de guerrilheiros na Venezuela: "me preocupa um pouco esta denúncia (...) porque já tivemos muitas denúncias falsas".

O "governo equatoriano e funcionários deste governo já enfrentaram muitas denúncias falsas" por parte da Colômbia.

Patiño destacou que "foi a Colômbia que apresentou a denúncia e agora é ela que deve se explicar".

Colômbia e Equador caminham para a normalização total de seus vínculos diplomáticos, que foram reatados em novembro passado, após 21 meses de ruptura.

Quito rompeu relações com Bogotá após o bombardeio colombiano contra uma base das Farc no Equador, no dia 1º de março de 2008, que matou 25 pessoas, incluindo o líder guerrilheiro Raúl Reyes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host