UOL Notícias Notícias
 
22/07/2010 - 18h00

Nasrallah diz que membros do Hezbollah serão acusados de matar Hariri

BEIRUTE, 22 Jul 2010 (AFP) -O líder do Hezbollah libanês, Hasan Nasrallah, afirmou nesta quinta-feira ter sido informado pessoalmente pelo primeiro-ministro libanês que membros do partido xiita serão acusados pelo Tribunal Especial para o Líbano pelo assassinato do ex-primeiro-ministro Rafic Hariri.

"Antes de sua viagem a Washington (em maio), Saad Hariri (primeiro-ministro libanês e filho do premier morto) me visitou e me disse que membros indisciplinados do Hezbollah serão citados na ata de acusação" do Tribunal Especial para o Líbano, disse Hasan Nasrallah em entrevista por videoconferência.

Em março passado, a promotoria do tribunal interrogou membros do Hezbollah.

Rafic Hariri, ex-primeiro-ministro libanês que se opôs à hegemonia de Damasco no Líbano, morreu com outras 22 pessoas em um atentado com carro-bomba, em 14 de fevereiro de 2005, em Beirute.

A Síria sempre negou envolvimento neste assassinato.

Criado em 2007 por uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, o Tribunal Especial para o Líbano deve julgar os supostos autores dos ataques terroristas neste país, entre os autores do assassinato de Hariri.

Segundo seu presidente, Antonio Cassese, será publicada a ata da acusação entre "setembro e dezembro".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host