UOL Notícias Notícias
 
23/07/2010 - 11h26

França participou na fracassada operação contra Al-Qaeda na Mauritânia

PARIS, 23 Jul 2010 (AFP) -A França confirmou nesta sexta-feira que participou em uma fracassada operação militar mauritana realizada na véspera contra a Al-Qaeda no Magreb Islâmico (AQMI), com o objetivo aparente de libertar um refém francês.

O francês Michel Germaneau, de 78 anos, se encontra sequestrado no norte de Mali, assim como dois espanhois, Albert Vilalta, de 35 anos, e Roque Pascual, de 50 anos.

A operação foi lançada na quinta-feira pelo Exército da Mauritânia contra uma "base" da Al-Qaeda "no deserto" deixou vários mortos e feridos entre os "terroristas armados", segundo um oficial que não quis ser identificado.

"A ação permitiu matar ou ferir um certo número de terroristas armados, em uma base situada no deserto e que servia de refúgio aos terroristas da Al-Qaeda no Maghreb Islâmico (AQMI)", afirmou a fonte.

Mais cedo, uma fonte do vizinho Mali falou da presença de militares da Mauritânia em uma operação contra a Al-Qaeda no norte malinês, para resgatar o refém francês.

O braço magreb da Al-Qaeda ameaçou executar Germaneau, 78 anos, sequestrado em 19 de abril no Níger. O refém estaria no norte do Mali.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host