UOL Notícias Notícias
 
24/07/2010 - 18h01

Correa: Insulza é o "grande culpado" pela crise entre Colômbia e Venezuela

QUITO, 24 Jul 2010 (AFP) -O presidente do Equador, Rafael Correa, apontou, este sábado, o secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, como o "grande culpado" pelo rompimento diplomático entre Colômbia e Venezuela, por não ter atendido a uma proposta de adiar um debate no âmbito da Organização de Estados Americanos.

Correa condenou que Insulza tenha ignorado um pedido do Equador para adiar um debate na OEA, na quinta-feira passada, no qual Bogotá exibiu provas da suposta presença de guerrilheiros colombianos no território da fronteira com a Venezuela.

Após este debate, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, rompeu relações com a Colômbia, e pediu ao exército que fique alerta para uma eventual "agressão" do colega colombiano, Álvaro Uribe.

Insulza é "o grande culpado pelo que aconteceu", disse o chefe de Estado equatoriano, questionando as motivações do secretário-geral da OEA para não ter adiado a sessão do Conselho Permanente.

"A que pressões estará respondendo, porque o regulamento diz que se convocará a sessão não imediatamente. Ao contrário, há uma série de requisitos e aqui, de forma precipitada, (foi convocada) uma sessão do Conselho Permanente para tratar de um tema muito crítico. Aí estão as consequências", disse.

Correa também questionou os motivos de Uribe para apresentar a denúncia, duas semanas antes do fim de seu mandato.

"Há coisas que devem ser perguntadas: por que 15 dias antes de um novo governo da Colômbia se gera um conflito desta magnitude? Faz sentido? Porque as mesmas acusações? Fizeram o mesmo conosco. Este conflito é algo (...) que podia ter sido evitado se tivesse sido administrado com um pouco de prudência e sensatez", sustentou.

O presidente equatoriano, que exerce a presidência pró-tempore da União de Nações Sul-americanas (Unasul), convocou na sexta-feira uma reunião extraordinária de chanceleres da entidade para a próxima semana, em Quito, atendendo a um pedido de Caracas para tratar da crise.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h19

    -0,05
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h21

    0,26
    74.634,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host