UOL Notícias Notícias
 
24/07/2010 - 19h04

Néstor Kirchner se reunirá na segunda-feira com presidente eleito da Colômbia

BUENOS AIRES, 24 Jul 2010 (AFP) -O secretário-geral da Unasul, Néstor Kirchner, se reunirá na segunda-feira, em Buenos Aires, com o presidente eleito da Colômbia, Juan Manuel Santos, para tratar da crise bilateral entre aquele país e a Venezuela, informou este sábado uma fonte próxima ao ex-presidente argentino.

Kirchner e Santos conversarão sobre "a grave crise entre Colômbia e Venezuela, na qual o secretário-geral da Unasul está colaborando como mediador, junto com o presidente do Equador, Rafael Correa; o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva e outros chefes de Estado da região", disse a fonte, citada pela agência estatal Télam.

A reunião será celebrada à noite na residência do embaixador colombiano na Argentina, Alvaro García Giménez, depois que Santos for recebido pela presidente argentina, Cristina Kirchner, na Casa Rosada, sede do governo.

Segundo a fonte, o ex-presidente argentino teve, na sexta-feira, "permanentes comunicações telefônicas com Correa, Lula e outros chefes de Estado da região com o propósito de coordenar ações para resolver rapidamente a grave situação".

Na quinta-feira, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou o rompimento das relações diplomáticas com a Colômbia, depois que o governo do presidente em fim de mandato Alvaro Uribe acusou a Venezuela de abrigar guerrilheiros em seu território.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host