UOL Notícias Notícias
 
26/07/2010 - 16h22

Espectativas de mudanças em Cuba após quatro anos de governo de Raúl Castro

SANTa clara, Cuba, 26 Jul 2010 (AFP) -Desde que assumiu o poder, Raúl Castro distribuiu terras improdutivas à população, removeu proibições de acesso a serviços e legislou contra o igualitarismo salarial, mas os cubanos ainda esperam pela liberdade de criar pequenos negócios ou viajar.

Raúl, de 79 anos, assumiu o cargo em julho de 2006 quando seu irmão Fidel adoeceu e propôs fazer "mudanças estruturais", pelas quais o povo cubano continua à espera.

Promessas:

- Valorização do salário e a eliminação da moeda dupla: Apesar da cesta básica subsidiada, os cubanos, com salário médio de 17 dólares, devem comprar em armazéns produtos básicos a preços elevados.

- Espaço para pequenos negócios privados e cooperativas: A iniciativa privada, permitida desde 1993, alcança apenas 148 mil trabalhadores em poucas funções. A formação de cooperativas urbanas de produção e serviços ainda é solicitada.

- Eliminação de restrições às viagens: Os cubanos devem pedir uma permissão de saída, que só ela custa 150 dólares; pode ser negada. Ao todo, os trâmites para viajar ultrapassam os 500 dólares.

- Compra-venda de casas e carros: Cerca de 90% dos cubanos são donos de suas residências e não pagam impostos por elas ou pagam aluguéis baixos, mas não podem vendê-las, apenas permutá-las. Os cubanos só podem comprar um automóvel se lhes for concedida uma permissão e se o veículo tiver sido fabricado antes de 1959.

Mudanças:

-Eliminou o "igualitarismo" e o teto salarial, com um sistema de pagamento por desempenho de trabalho, a fim de aumentar a produtividade, que acaba não sendo implementado por obstáculos burocráticos.

- Entregou mais de um milhão de lotes de terra estatais improdutivos em usufruto à população e melhorou o pagamento aos produtores, além de novas formas de comercialização, créditos e o fechamento de fazendas ineficientes, para aumentar a produção de alimentos.

- Retirou proibições e regulamentos que impediam os cubanos de comprar computadores, DVDs ou microondas, de se hospedar em hotéis, alugar automóveis e ter celulares

- Autorizou as licenças para taxistas privados para melhorar o transporte.

- No âmbito político, iniciou um diálogo inédito com a Igreja Católica para libertar os presos políticos sem derramamento de sangue ou terrorismo, 20 deles viajaram para a Espanha.

- No âmbito social, autorizou as cirurgias de mudança de sexo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host