UOL Notícias Notícias
 
28/07/2010 - 08h53

EUA terão representante em cerimônia de Hiroshima pela 1ª vez (imprensa)

TÓQUIO, 28 Jul 2010 (AFP) -Os Estados Unidos enviarão pela primeira vez um representante a Hiroshima para o aniversário do bombardeio atômico americano sobre esta cidade japonesa, ocorrido em um dia 6 de agosto, anunciou nesta quarta-feira a imprensa japonesa.

O presidente americano Barack Obama pedirá a seu embaixador em Tóquio, John Roos, que assista à cerimônia em memória das vítimas da explosão da primeira bomba atômica da história, em 1945, que provocou a morte de 140.000 pessoas, informaram a televisão pública NHK e a agência de notícias Kyodo.

França e Grã-Bretanha, dois países que possuem armas nucleares, também serão representados pela primeira vez, indicaram os meios de comunicação.

A Embaixada dos Estados Unidos em Tóquio não confirmou estas informações.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, também assistirá a esta cerimônia do 65º aniversário em Hiroshima (sudoeste). Será a primeira vez que um chefe das Nações Unidas participará da comemoração.

Os Estados Unidos nunca pediram desculpas pelas vítimas de Hiroshima e Nagasaki (onde outra bomba explodiu no dia 9 de agosto de 1945), e nenhum presidente em exercício viajou para essas cidades. Jimmy Carter visitou Hiroshima, mas quando já não estava na Casa Branca.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host