UOL Notícias Notícias
 
29/07/2010 - 23h17

Supremo colombiano pede investigação sobre filho de Uribe

BOGOTÁ, 29 Jul 2010 (AFP) -A Suprema Corte de Justiça da Colômbia solicitou à Procuradoria Geral nesta quinta-feira que investigue Tomás Uribe, filho mais velho do presidente Álvaro Uribe, por supostos crimes contra a administração pública.

A decisão envolve o suborno pago a alguns congressistas para garantir a aprovação da reforma constitucional que permitiu a reeleição de Uribe, em 2006.

A decisão provocou a imediata reação do presidente, que entrega o cargo no próximo dia 7 de agosto, que a qualificou de "mau exemplo" do Supremo.

Uribe destacou que a decisão judicial ocorre dias antes do final do seu mandato, e um ano após seu filho prestar depoimento sobre o caso.

"Uma semana antes da entrega da presidência, e um ano após o depoimento (de Tomás), promovem isto simplesmente atendendo a infâmias e dando lugar a rancores por meio da Justiça", disse Uribe, que durante seu governo manteve vários confrontos verbais com o Supremo.

"Meu filho Tomás irá à Justiça como sempre fez", garantiu Uribe, que acusou Yesid Ramírez, presidente da vara penal do Supremo, de prevaricação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h29

    0,15
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h33

    -0,66
    63.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host