UOL Notícias Notícias
 
30/07/2010 - 01h02

Líder espiritual que empossou Morales é preso com cocaína

LA PAZ, 29 Jul 2010 (AFP) -O líder espiritual indígena que empossou o presidente boliviano, Evo Morales, em 2006, foi detido pela polícia sob a acusação de produzir cocaína, informaram nesta quinta-feira as autoridades locais.

O "amauta" (sábio) aimara Valentín Mejillones Acarapi, 55 anos, foi preso pela polícia especializada na cidade de El Alto, vizinha à La Paz, e em sua residência havia um laboratório de produção de cocaína, além de 350 quilos da droga em estado líquido.

Na mesma operação, os policiais prenderam o filho de Mejillones e dois cidadãos colombianos.

"Durante a batida prendemos em flagrante quatro pessoas, um casal de colombianos - marido e mulher - e pai e filho, os últimos proprietários do imóvel. O grupo realizava o trabalho de lavagem e purificação da cocaína", revelou o comandante da polícia antidrogas, coronel Félix Molina.

Mejillones foi identificado hoje como o principal sacerdote aimara que no dia 22 de janeiro de 2006 empossou Morales como líder dos povos indígenas, em uma cerimônia religiosa no templo pré-incaico de Tiwanaku, um dia antes da posse oficial como presidente da Bolívia.

Morales é o primeiro indígena a chegar ao poder na história boliviana.

O porta-voz do governo Iván Canelas negou qualquer ligação de Morales com o detido, e afirmou que "se ele cometeu crime, deve ser punido".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host