UOL Notícias Notícias
 
30/07/2010 - 19h53

Obama pede que Irã liberte turistas americanos 'imediatamente'

WASHINGTON, 30 Jul 2010 (AFP) -O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu nesta sexta-feira que o Irã "liberte imediatamente" três viajantes americanos detidos há um ano nesse país sem acusação ou processo legal, pois "não cometeram absolutamente nenhum crime".

"Sarah, Shane e Josh não cometeram absolutamente nenhum crime" e "depois de um ano inteiro, foram mantidos na prisão, provocando uma inquietação e incerteza extraordinária tanto neles como em seus familiares", disse Obama em um comunicado emitido pela Casa Branca.

"Peço ao governo iraniano que liberte imediatamente" os três cidadãos americanos cuja "detenção injusta não tem nada a ver com os assuntos enfrentados por Estados Unidos e pela comunidade internacional com o governo do Irã", completou.

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, reiterou mais cedo um pedido semelhante.

"Pedimos ao Irã que faça o correto e permita a esses três americanos que retornem a seus lares com suas famílias", disse Hillary em comunicado lido por um porta-voz de sua pasta.

No sábado, a prisão de Shane Bauer, 27 anos, Sarah Shourd, 31 anos, e Josh Fattal, 27 anos, completa um ano.

Os três americanos tinham saído a uma caminhada no Curdistão iraquiano - região montanhosa e árida na divisa com o Irã, onde a fronteira fica pouco visível - e foram presos por entrar ilegalmente em território iraniano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host