UOL Notícias Notícias
 
01/08/2010 - 12h21

Retirada das tropas dos EUA do Afeganistão em 2011 será 'limitada' (Gates)

WASHINGTON, 1 Ago 2010 (AFP) -O secretário americano de Defesa Robert Gates assegurou neste domingo que um grande número de soldados americanos permanecerá no Afeganistão após o início da retirada das tropas previsto para julho de 2011, classificando a retirada americana de "limitada".

"Creio que é preciso reafirmarmos a mensagem que consiste em dizer que não deixaremos o Afeganistão em julho de 2011", disse Gates no programa "This Week" da rede ABC.

"Minha opinião é de que, em um primeiro momento, essas retiradas (de soldados) serão limitadas", explicou o chefe do Pentágono.

As tropas americanas encontram muitas dificuldades contra o insurgentes. Julho de 2010 foi o mês mais mortífero para os Estados Unidos desde o início do conflito, no final de 2001, com 66 mortes apenas neste mês,

Apesar das dificuldades, Gates considerou que a coalizão internacional realiza progressos em sua luta contra os talibãs. Para ele, os insurgentes não vão esperar a saída das tropas americanas para lançar uma ofensiva de grande envergadura.

Ele reconheceu que as perdas de soldados seguiam aumentando, mas se disse otimista quanto aos objetivos do conflito, assegurando que progressos tinham sido obtidos em matéria de segurança, economia e governança local nas províncias meridionais de Helmand e Kandahar.

"Isso vai levar tempo, vai ser difícil. Vamos lamentar vítimas (...) Mas creio que existem sinais tangíveis de que esta abordagem funciona. Esta estratégia funciona", afirmou Robert Gates.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host