UOL Notícias Notícias
 
03/08/2010 - 17h39

Presidente paquistanês chega à Grã-Bretanha em clima de tensão

Londres, 3 Ago 2010 (AFP) -O presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, chegou na noite desta terça-feira à Grã-Bretanha para uma visita ofuscada por tensões entre Londres e Islamabad por causa de declarações feitas pelo primeiro-ministro britânico, David Cameron.

Um porta-voz confirmou a chegada do presidente paquistanês, enquanto a TV britânica exibia imagens de Zardari, que desembarcava, sorridente, de um avião.

Após uma visita de dois dias à França, Zardari ficará cinco dias na Grã-Bretanha, onde deve se encontrar na sexta-feira com David Cameron, muito criticado no Paquistão por ter acusado Islamabad de "exportar o terrorismo".

As declarações de Cameron, na semana passada, durante visita à Índia, vizinha e rival do Paquistão, provocaram grande polêmica em Islamabad.

"Não podemos tolerar, de jeito nenhum, a ideia de que este país (o Paquistão) possa (...) de alguma forma promover a exportação do terrorismo, seja para a Índia, o Afeganistão ou qualquer outro lugar do mundo", disse Cameron.

"Vou dizer a ele que a guerra contra o terrorismo deveria nos unir e não nos opor. Vou explicar-lhe (...) que o meu país é o que paga o preço mais caro por esta guerra em vidas humanas", respondeu Zardari em entrevista ao jornal francês Le Monde, publicada na terça-feira.

Cameron declarou, horas antes da chegada do presidente paquistanês, que não lamentava "em absoluto" suas declarações.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,67
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,31
    75.990,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host