UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 18h45

Quênia: vence o 'sim' em referendo para nova Constituição

NAIRÓBI, 4 Ago 2010 (AFP) -O "sim" liderava amplamente os resultados provisórios do referendo constitucional realizado nesta quarta-feira no Quênia, depois de uma contagem de mais da metade das cédulas, indicou a comissão eleitoral.

De acordo com a contagem, 66,3% dos votantes disse "sim" à nova Constituição, depois de ser contada mais da metade das cédulas às 23h00 locais (17h00 de Brasília), informou a comissão eleitoral.

Em torno de 12,4 milhões de eleitores foram convocados para se pronunciar a favor ou contra o texto, defendido pelo presidente Mwai Kibaki e o primeiro-ministro, Raila Odinga, e destinado a substituir a Constituição do país adotada depois da independência desta ex-colônia britânica em 1963.

A comissão eleitoral independente interina não deu nenhum dado de participação, apesar de, segundo as estimativas de funcionários, em torno de 70% dos eleitores compareceram às urnas.

"Não tenho nenhuma dúvida de que o 'sim' vai ganhar de forma esmagadora, e vejo uma vitória por 70% dos votos, declarou à AFP o primeiro-ministro depois do fechamento dos colégios eleitorais.

O novo texto conserva um regime presidencial, apesar de com poderes moderados, e inclusive a possibilidade de destituir o presidente. Instaura também um símile de descentralização com a divisão do orçamento estatal para uma nova escala administrativa: o condado.

Mas, sobretudo, a nova Constituição inclui uma reforma crucial para a aquisição de propriedades, neste país essencialmente agrícola, que prevê um exame profundo das modalidades para adquirir terras públicas das quais algumas foram monopolizadas pelas mais altas esferas do Estado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,22
    3,175
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host