UOL Notícias Notícias
 
06/08/2010 - 20h37

Presidente paraguaio tem linfoma maligno

ASSUNÇÃO, 6 Ago 2010 (AFP) -O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, tem um linfoma maligno, mas poderá seguir exercendo suas funções, informou o médico Enrique Bellasai nesta sexta-feira.

"Os estudos provisórios realizados em um gânglio extirpado na quarta-feira no presidente deram como resultado uma enfermidade maligna conhecida como linfoma", disse Bellasai em entrevista coletiva.

Lugo, de 59 anos, foi operado de emergência na quarta-feira para retirar um "gânglio inflamado" na virilha, após retornar da Cúpula de Presidentes do Mercosul em San Juan (Argentina).

Em janeiro passado, Lugo foi submetido a uma "intervenção endoscópica prostática".

Bellasai explicou que o linfoma de Lugo "é perfeitamente curável", e destacou que os resultados da biopsia "são provisórios" e exigirão mais exames para "se determinar o estado do tumor".

Lugo será submetido a sessões de quimioterapia, "com meio período de internação por vez, que não afetarão suas atividades" na presidência, garantiu o médico.

O tumor de Lugo "é diferente de outros tipos de câncer e tem excelente prognóstico de sobrevida", destacou Bellasai.

Lugo, um ex-bispo de esquerda da Igreja Católica, partidário da teologia da libertação, abandonou o hábito para se candidatar à presidência.

Fernando Lugo foi eleito no dia 20 de abril de 2008, à frente de uma coalizão de partidos políticos e movimentos sociais de esquerda e de direita.

O mandato de Lugo vence em 15 de agosto de 2013 e em caso de vacância por razão de saúde ou força maior, será sucedido pelo vice-presidente, Federico Franco, do Partido Liberal (direita), um severo crítico do presidente e com quem mantém relações tensas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host