UOL Notícias Notícias
 
07/08/2010 - 19h39

Santos pede diálogo direto para retomar relações com Venezuela

BOGOTÁ, 7 Ago 2010 (AFP) -O novo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, pediu um diálogo "franco e direto" e respeito mútuo para recompor as relações com a Venezuela, interrompidas há duas semanas, em seu discurso de posse neste sábado em Bogotá.

"Prefiro o diálogo franco e direto, e o mais rápido possível", disse Santos, ao agradecer os países que se ofereceram para mediar.

O presidente, que sucede Álvaro Uribe, afirmou que esse diálogo deve ocorrer "com respeito mútuo, cooperação recíproca e firmeza contra a criminalidade".

Participou da cerimônia de posse o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, em um gesto do governo do presidente Hugo Chávez a Santos.

A Venezuela rompeu relações com a Colômbia em 22 de julho, depois de Bogotá ter denunciado que guerrilheiros colombianos estariam escondidos nesse país, o que é negado por Caracas.

Santos afirmou que "assim como não reconheço inimigos na política nacional, não o faço no exterior. A palavra guerra não está no meu dicionário".

"Um de meus propósitos fundamentais será reconstruir as relações com Venezuela e Equador, reestabelecer a confiança e privilegiar a diplomacia e a prudência", disse o presidente.

Na posse, compareceu também o presidente equatoriano, Rafael Correa, no que se constitui sua primeira visita à Colômbia desde o rompimento das relações entre os dois países, em março de 2008.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host