UOL Notícias Notícias
 
08/08/2010 - 09h23

Avalanche de lama na China deixa pelo menos 120 mortos e 2.000 desaparecidos

PEQUIM, 8 Ago 2010 (AFP) -Pelo menos 120 pessoas morreram e 2.000 estão desaparecidas em avalanches de lama que se seguiram a uma forte chuva no noroeste da China, segundo a agência oficial Xinhua.

O primeiro-ministro Wen Jiabao chegou neste domingo à província de Gansu, devastada pelos deslizamentos de terra registradas na véspera, atingindo a província de população tibetana.

Vinte mil pessoas foram retiradas do local, segundo a televisão estatal.

Muitas casas, em escombros, foram arrastadas pelo rio.

As autoridades mobilizaram 3.000 soldados e centenas de profissionais de saúde para as operações de busca e resgate.

"A água do rio Bailong subiu muito e muitas pessoas ficaram presas", declarou à agência Diemujiangteng um funcionário do governo local.

"Neste momento, a lama é o principal obstáculo para as operações de resgate", informou, acrescentando que em algumas estradas alcançava um metro de altura.

Desde o começo do ano, a chuva forte deixou em toda a China mais de 2.100 mortos ou desaparecidos, provocando a evacuação de 12 milhões de pessoas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host