UOL Notícias Notícias
 
08/08/2010 - 15h13

Pelo menos 60 mortos no Iraque, no final de semana anterior ao Ramadã

BAGDÁ, 8 Ago 2010 (AFP) -Pelo menos 60 pessoas morreram no Iraque neste final de semana em diversos atos de violência, indicaram domingo funcionários locais, dias antes do início do mês sagrado muçulmano do Ramadã.

A proliferação de atentados reforçou os temores sobre a segurança, depois da morte de mais de 100 pessoas desde o começo do mês de agosto, apesar das declarações de confiança dos chefes militares americanos, e como parte da retirada gradual das tropas dos Estados Unidos.

O país atravessa, além disso, uma enorme crise política, uma vez que os principais partidos não conseguem pôr-se de acordo em torno da nomeação de um primeiro-ministro, cinco meses depois das eleições legislativas de 7 de março.

Enquanto o contingente americano será reduzido de 70.000 a 50.000 soldados no final de agosto, o comandante das forças armadas americanas no Iraque, o general Ray Odierno, disse domingo que as forças iraquianas estavam prontas para assumir suas tarefas.

O presidente Barack Obama prometeu a retirada completa em 2011.

Já um soldado americano morreu sábado num ataque em Babilônia (centro), segundo o exército.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host