UOL Notícias Notícias
 
09/08/2010 - 06h47

Indonésia prende líder religioso em investigação de ameaças terroristas

JACARTA, 9 Ago 2010 (AFP) -A polícia antiterrorista da Indonésia prendeu nesta segunda-feira um influente líder religioso muçulmano, Abu Bakar Bashir, em uma investigação de ameaças de atentados após a detenção de cinco suspeitos no fim de semana.

Bashir, 71 anos, foi detido na zona oeste da ilha de Java e levado para a sede da polícia em Jacarta.

"Ele é suspeito de ter vínculos com o terrorismo", afirmou uma fonte policial à AFP.

Bashir é considerado um dos líderes espirituais do movimento islamita radical na Indonésia. Ele foi apresentado como "emir" da Jemaah Islamiyah (JI) (ou "comunidade islâmica"), uma rede clandestina regional fundada em 1993 que deseja impor um Estado islâmico em boa do sudeste asiático.

O religioso foi preso após o atentado de Bali em outubro de 2002 que matou 202 pessoas, mas foi liberado em 2006.

A detenção de Bashir aconteceu após a prisão de cinco pessoas e da apreensão de explosivos no fim de semana em várias operações em Java.

A polícia não anunciou os motivos das detenções, mas o presidente indonésio Susilo Bambang Yudhoyono afirmou no sábado que um projeto de atentado contra ele havia sido desmantelado, sem revelar mais detalhes.

A Indonésia iniciou uma importante ofensiva antiterrorista nos últimos meses após descobrir em fevereiro um centro de treinamento clandestino na província de Aceh, norte da ilha de Sumatra.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host