UOL Notícias Notícias
 
09/08/2010 - 14h32

ONU sedia, na Áustria, cerimônia comemorativa dos bombardeios de Hiroshima e Nagasaki

VIENA, 9 Ago 2010 (AFP) -Uma cerimônia em memória dos bombardeios atômicos nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, em 6 e 9 de agosto de 1945, foi celebrada esta segunda-feira na sede da ONU, em Viena.

"Hiroshima e Nagasaki nos lembram que se deve lutar contra as armas nucleares", disse Annika Thundorg, porta-voz da Comissão Preparatória da Organização do Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares (CTBO), que será ratificado por nove países, entre eles Estados Unidos e China.

"Em vista da ameaça crescente do terrorismo, devemos redobrar os esforços" para limitar os riscos de um ataque nuclear, destacou Klaus Renoldner, encarregada de políticas de segurança na Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

O Japão espera "uma cooperação futura" com os outros países para lutar contra as armas nucleares, informou Takeshi Nakane, embaixador do Japão na ONU em Viena, enquanto Estados Unidos, Reino Unido e França participaram pela primeira vez este ano nas cerimônias comemorativas no arquipélago.

Tóquio considera ter uma responsabilidade particular na medida em que "o Japão foi o único país que sofreu os efeitos da bomba atômica", informou o embaixador.

Uma cerimônia japonesa do chá foi organizada depois e, em seguida, balões foram soltos enquanto se ouvia o sino da paz, no centro do complexo da ONU.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h20

    -0,41
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h28

    0,65
    63.640,26
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host