UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 19h24

Bolívia: dezenas de turistas estrangeiros deixam Potosí

POTOSI, Bolívia, 10 Ago 2010 (AFP) -Dezenas de turistas, a maioria europeus, bloqueados há 13 dias na região boliviana de Potosí, paralisada por uma greve, conseguiram deixar o local esta terça-feira, disse uma fonte diplomática à AFP.

Cinquenta turistas saíram de Potosí durante a tarde em ônibus. Trinta deles chegaram a Sucre, a 150 km, informou o cônsul da França na Bolívia, Frédéric Laurent.

Estes últimos chegaram acompanhados do governador da região de Potosí, Félix Gonzales, e de uma delegação de grevistas que ia para Sucre participar de uma negociação com o governo sobre o conflito que paralisou a região.

Foi graças a isso que os turistas puderam desobstruir os bloqueios na estrada, mantidos por mineiros que não deixam ninguém entrar, nem sair desde 29 de julho.

Na caravana havia turistas franceses, espanhóis, japoneses, argentinos, israelenses e australianos, especialmente, disse a fonte.

Cerca de 20 franceses, por sua vez, decidiram ficar em Potosí: são estudantes de uma Escola de Comércio que estão em missão humanitária com filhos e familiares de mineiros.

Até o momento não se sabe o número exato de estrangeiros que ficaram bloqueados na região.

Cidade mineira de 160 mil habitantes na região sul da Bolívia, Potosí está paralisada desde o fim de julho por uma greve geral que uniu sindicatos, autoridades locais e o setor privado para pedir ao governo central mais investimentos na região.

Adicionalmente busca-se que o governo central solucione um conflito de limites com o vizinho departamento de Oruro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host