UOL Notícias Notícias
 
13/08/2010 - 06h23

China inicia retirada de 330.000 pessoas antes de desviar rio

PEQUIM, 13 Ago 2010 (AFP) -A retirada de 330.000 pessoas antes do desvio de parte das águas do rio Yangtze, o maior da China, para a construção da represa Três Gargantas (1,3 milhão de pessoas deslocadas no total), teve início esta semana, informou a agência Xinhua.

Os primeiros 500 habitantes da província de Hubei (centro), de um total de 180.000 que serão obrigados a deixar suas residências, começaram a abandonar suas casas para morar em regiões do norte, entre as quais Pequim.

Outras 150.000 pessoas da província vizinha de Henan também serão obrigadas a deixar suas casas.

"Quando todos se reuniram para jantar juntos pela última vez deu muita tristeza", declarou Wang, morador do distrito de Niuhelin.

A área onde Wang mora estará em 2014 sob água, a 170 metros de profundidade. As pessoas deixaram o local em ônibus e os pertences eram transportados em caminhões. Os idosos, doentes e mulheres grávidas viajavam em ambulâncias.

Para desviar as águas do Yangtze foram construídos mais de 3.000 quilômetros de canais. Os críticos do projeto afirmam que o país vai desperdiçar importantes recursos hídricos e abalar ecossistemas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h20

    -0,17
    3,131
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h29

    -0,88
    75.302,31
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host