UOL Notícias Notícias
 
15/08/2010 - 10h15

Doze migrantes africanos morrem no deserto argelino

BAMACO, 15 Ago 2010 (AFP) -Doze africanos que tentavam emigrar de maneira clandestina para a Europa morreram de sede no deserto da Argélia, informaram à AFP dois sobreviventes que conseguiram chegar ao norte do Mali.

"Saímos da cidade de Kidal (Mali). Entramos por nossos próprios meios na Argélia. Entre a fronteira argelina e a cidade de Tamanrasset, o caminhão sofre um problema", contou Ahmed, motorista que transporta clandestinos entre Mali e Argélia.

"A água acabou. Os alimentos também. Doze pessoas morreram. Apenas um passageiro e eu conseguimos sobreviver", completou.

O passageiro, Etienne, um estudante que tentava viajar a Europa, informou que as vítimas eram três camaroneses, três malineses, dois marfinenses, dois senegaleses, um guineano e um gambiano.

O trajeto entre o norte de Mali e Argélia é uma das rotas usadas com frequência pelos clandestinos que tentam chegar à Europa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host