UOL Notícias Notícias
 
15/08/2010 - 19h06

Islamita que sequestrou espanhóis para Al Qaeda na Mauritânia é extraditado

NUAKCHOTT, 15 Ago 2010 (AFP) -Um islamita malinês, condenado a 12 anos de prisão por ter sequestrado três voluntários espanhóis na Mauritânia para a Al Qaeda no ano passado, foi extraditado neste domingo para o Mali, informou à AFP uma fonte judicial.

Segundo esta fonte, Omar Sid Ahmed Uld Hamma, conhecido como "Omar el Saharaui", de 52 anos, "foi entregue às autoridades malinesas na manhã deste domingo na fronteira, a pedido de seu país".

Um membro das forças de segurança mauritanas havia afirmado no sábado que o malinês, condenado pelo sequestro dos três espanhóis, havia deixado a prisão de Nuakchot na véspera.

Ainda não há informações oficiais, mas fontes malinesas indicaram que Omar el Saharaui "está a ponto de ser extraditado para Bamako", após uma negociação para liberar os dois últimos reféns espanhóis ainda mantidos pela Al Qaeda no Magreb Islâmico (AQMI).

Omar Sid Ahmed Uld Hamma foi acusado de ter atuado como "mercenário" para a AQMI, que o teria contratado para sequestrar os três voluntários espanhóis no norte de Nuakchot em 29 de novembro de 2009.

Os outros dois reféns - Roque Pascual, de 50 anos, e Albert Vilalta, de 35 - continuam em poder dos islamitas no norte de Mali, para onde foram levados após sua captura.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h10

    -0,58
    3,126
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h10

    -0,51
    75.218,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host