UOL Notícias Notícias
 
16/08/2010 - 07h53

Afeganistão quer o fim de empresas privadas de segurança em 4 meses

CABUL, 16 Ago 2010 (AFP) -O presidente Hamid Karzai fixará um prazo de quatro meses para que as empresas privadas de segurança que operam no Afeganistão sejam totalmente dissolvidas, anunciou o porta-voz do governo, Waheed Omer.

"O presidente vai fixar nesta segunda-feira um prazo de quatro meses para a dissolução das companhias privadas de segurança", declarou Omer.

Quase 40.000 pessoas trabalham no Afeganistão no crescente setor de segurança. As companhias internacionais prestam frequentemente serviços às forças internacionais, ao Pentágono, à representação da ONU, às empresas responsáveis por administrar as ajudas recebidas pelo país, às ONGs e aos meios de comunicação ocidentais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host