UOL Notícias Notícias
 
17/08/2010 - 15h00

Perda de audição aumenta 30% entre adolescentes nos EUA

WASHINGTON, 17 Ago 2010 (AFP) -A frequência da perda de audição entre os adolescentes americanos aumentou cerca de 30% desde os anos 1990, afetando um a cada cinco jovens em 2006, alertou um estudo publicado nesta terça-feira na revista médica Journal of the American Medical Association (JAMA).

Uma análise destas estatísticas, feita a partir de dados de duas pesquisas nacionais, mostra que a prevalência da diminuição das capacidades auditivas em indivíduos de 12 a 19 anos foi de 14,9% entre 1988 e 1994, e de 19,5% - quase 6,5 milhões de indivíduos - de 2005 a 2006, o que representa um aumento de 31% nestes dois períodos, afirmaram os cientistas.

Segundo eles, as perdas de audição foram leves na maioria dos casos.

Os adolescentes que vivem em famílias abaixo do limite da pobreza têm mais chances de sofrer perdas auditivas do que aqueles criados em ambientes mais abastados, acrescentaram os autores da pesquisa.

No entanto, eles não conseguiram estabelecer a relação entre perda auditiva e infecções no ouvido, uso de armas de fogo ou exposição a volumes somoros elevados durante cinco horas ou mais por semana.

"São necessárias mais pesquisas para determinar as causas deste claro aumento de problemas auditivos nos adolescentes e identificar os fatores de risco que podem ser modificados a fim de impedi-los", disse, em comunicado, Josef Shargorodsky, do Hospital Brigham and Women's de Boston (Massachusetts, nordeste), principal autor do estudo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host