UOL Notícias Notícias
 
18/08/2010 - 11h40

Mulher morreu vítima do acidente aéreo na Colômbia, não por infarto

BOGOTÁ, 18 Ago 2010 (AFP) -A mulher que morreu após o estranho acidente de uma aeronave comercial que se partiu em três ao aterrissar no aeroporto da ilha de San Andrés, na Colômbia, na segunda-feira, não morreu por causa de um infarto, como se afirmara a princípio, e sim por causa do impacto, confirmou nesta quarta-feira um porta-voz oficial.

A mulher de 73 anos, identificada como Amar Fernandéz - única vítima do acidente -, foi levada para um hospital da estatal Caprecom. O médico Robert Sánchez, diretor do hospital, disse que sua morte foi causada por "múltiplos traumatismos e pelo desprendimento da artéria aorta".

Até o momento, as autoridades mantinham a versão de que a morte de Fernández - que saiu ainda com vida do avião - ocorreu quando ela estava a caminho do hospital, após uma parada cardíaca.

O avião se acidentou quando tentava pousar por volta das 6H49 GMT (3H49) de segunda-feira no aeroporto 'Gustavo Rojas Pinilla', em meio a uma forte tempestade elétrica.

A aeronave, um Boeing 737-700 pertencente à companhia aérea colombiana Aires, levava 131 pessoas, pelo menos 20 delas estrangeiras. Deste total, 120 pessoas ficaram levemente feridas; cinco delas continuam em delicado estado de saúde.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host