UOL Notícias Notícias
 
18/08/2010 - 08h17

Novos deslizamentos de terra deixam mais de 60 desaparecidos na China

PEQUIM, 18 Ago 2010 (AFP) -Mais de 60 pessoas estão desaparecidas após novos deslizamentos de terra na China, que provocaram ainda o bloqueio de estradas, cortes dos serviços de energia elétrica e das linhas de telefone nesta quarta-feira na província de Yunnan, sudoeste do país.

Uma fonte do governo provincial, que pediu anonimato, afirmou à AFP que equipes de resgate foram enviadas ao município de Puladi, uma área montanhosa próxima da fronteira com Mianmas, para procurar 67 pessoas desaparecidas.

Na semana passada, os deslizamentos na província de Gansu (noroeste) deixaram 1.287 mortos. De acordo com as autoridades, 487 pessoas continuam desaparecidas no distrito de Zhouqu.

A agência oficial Xinhua (Nova China) informou na terça-feira que pelo menos 15 pessoas morreram em deslizamentos de terra na província de Sichuan, que foi afetada por um terremoto em 2008 que matou 87.000 pessoas.

A China enfrenta as piores inundações da última década, em especial no sul e nordeste do país.

Mais de 2.100 pessoas, sem contabilizar o desastre de Zhouqu, morreram ou são consideradas desaparecidas em consequência das tragédias, que afetaram 12 milhões de pessoas em todo o país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host