UOL Notícias Notícias
 
19/08/2010 - 15h29

120 imigrantes clandestinos desembarcam de um iate no sul da Itália

ROMA, 19 Ago 2010 (AFP) -Cerca de 120 inmigrantes clandestinos provenientes do Iraque e do Afeganistão chegaram nesta quinta-feira à Calábria, no sul da Itália, a bordo de um iate de luxo, para tentar evitar o severo controle da guarda-costeira, informaram fontes locais.

Dois ucranios foram detidos e acusados de tráfico de seres humanos.

"Não era um barco pesqueiro, mas um iate de 15 metros", explicou à AFP um porta-voz da guarda.

Os imigrantes foram levados a um centro de alojamento perto da aldeia de Riace, não muito distante de onde desembarcaram, no sul da península.

"Estamos dispostos a acolhê-los", declarou o prefeito de Riace, de 1.700 habitantes e que decidiu receber os imigrantes de numerosas nacionalidades para reativar a economia da zona.

Riace já conta com 130 imigrantes de Etiopía, Somália, Gana e Palestina.

"Constatamos que os imigrantes, mais que um problema, se transformaram em solução", declarou o prefeito Domenico Lucano, conhecido por suas posições progressistas.

Segundo a guarda-costeira, os imigrantes clandestinos foram levados do iate à praia, em pequenas embarcações, para passar despercebidos - uma nova técnica empregada durante os meses do verão europeu, quando centenas de pessoas desfrutam de suas férias em barcos que circulam pelo Mediterrâneo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    -0,12
    3,275
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host